sábado, 16 de junho de 2018

População do Banco Central é atendida em Mutirão de Saúde








O Seu Manoel, a Dona Maria Batista e a Dona Nilza Costa foram atendidos pelo médico clínico-geral, Danilo da Cruz Rocha. A jovem Jaqueline das Neves pelo dentista Marcelo Mascarenhas e Clara dos Santos, de três anos, pela pediatra Aline Nunes. Manoel, Maria, Nilza e a pequena Clara estão entre as centenas de pessoas que moram na comunidade do Banco Central, região rural que fica a 90 quilômetros da sede do município de Ilhéus. Para eles, o Mutirão da Saúde é uma oportunidade de acesso aos serviços do Sistema Único de Saúde (SUS), sem precisar se deslocar até os postos de saúde ou clínicas.
Manoel resumiu. “Estou satisfeito com o serviço”. Ele informou que sofre com o diabetes há cinco anos e que, durante esse tempo, procura cuidar de si e também da irmã, que se encontra doente. “Ter um mutirão desse só pra nós é bom demais”, comemorou. Já a Dona Nilza disse que o seu sentimento é de agradecimento e cuidado. “Me sinto feliz em poder dizer que com este mutirão, nosso povo é cuidado. Se puder ter mais, a gente agradece”, comentou.     
Serviços – Durante a quinta-feira, 14, uma equipe multidisciplinar formada por médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem e auxiliares, chegou, pela manhã, à localidade para prestar serviços à população. Através da secretaria de Saúde (Sesau), a Prefeitura de Ilhéus levou à comunidade atendimentos médico e de enfermagem, vacinação, exames de doenças sexualmente transmissíveis, aferição de pressão e glicemia, distribuição de preservativos, entre outros. Foi também disponibilizada a vacinação antirrábica em cães e gatos, pela equipe do Centro de Controle de Zoonoses.
Durante a ação, foi ofertado ainda os serviços de atualização do Programa Bolsa Família, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS), e do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), que faz diagnóstico e controle de doenças sexualmente transmissíveis. Os dentistas Bolívar Landi e Marcelo Mascarenhas prestaram atendimento de extração e tratamento, além de palestras sobre os cuidados de higiene bucal e a importância de uma boa escovação. Segundo os profissionais, para os casos mais graves, os pacientes são encaminhados para a cidade, a fim de se submeterem a um tratamento mais específico, caso seja necessário.
Secretaria de Comunicação Social - Secom

Assembleia da Convenção Batista Baiana reúne em Ilhéus três mil representantes

Assembleia da Convenção Batista Baiana reúne em Ilhéus três mil representantes

A cidade de Ilhéus, no sul da Bahia, vai reunir batistas de todo o estado, durante a Assembleia Anual da Convenção Batista Baiana. A 95ª edição vem com o tema “Jesus, a Verdadeira Alegria”. O evento acontece entre os dias 25 e 29 de junho, no Centro de Convenções Luís Eduardo Magalhães, na Avenida Soares Lopes. O encontro é considerado o maior da denominação batista no estado. Ao todo, serão cinco dias de atividades diversas, com realização de congressos infantil, música e educação cristã, fazendo parte das celebrações dos 60 anos de organização da Igreja Batista Lindinópolis.
Cerca de três mil convencionais, pertencentes as 669 igrejas e 400 congregações espalhadas pelos municípios baianos, estarão na cidade. Além dos seminários e encontros que vão debater os caminhos da denominação Batista e estabelecer os futuros projetos da instituição, os participantes contarão com exposições em estandes com material didático e diversos produtos. Além da missão religiosa, tem o significado de movimentar a rede hoteleira, restaurantes e o comércio em geral, trazendo ganhos econômicos significativos para a cidade.
Participações – Confirmadas as participações dos pastores, Jamir Sbrana; Adilson Santos; Fernando Brandão; Simmon Nascimento; Jefferson Dantas; Fabrício Freitas; Flávio Lucius; Lourenço Stelio Rega; Oseias Dias; Romildo Cavalcanti. O louvor e adoração está a cargo do grupo que faz parte da Associação dos Músicos Batistas da Bahia (AMUBAB) e a participação especial do cantor Edson Levi. Na ocasião, haverá ministrações da Palavra, grupos de estudos e testemunhos de fé.
Ainda de acordo com a programação, durante a 95ª Assembleia Anual da Convenção Batista Baiana, ocorrerá simultaneamente o Congresso Infantil, o XXV Encontro da AMUBAB e o Encontro/Treinamento da Juventude Batista Baiana (JUBAB) de 27 a 29 de junho. “Para nós é um momento especial e certamente vai marcar as nossas vidas. Sem dúvida, um privilégio incomparável. A expectativa é de que façamos um dos maiores encontros da nossa história”, ressalta o pastor Pedro Chagas.
O pastor presidente da Igreja Batista Lindinópolis avalia ainda que a experiência de receber uma assembleia estadual, motiva a igreja de Cristo em sua missão. Ele lembra que a primeira vez foi no ano de 2003. “A esta motivação, é somada uma dose dobrada de alegria, afinal, após 15 anos, temos o prazer de sediar pela segunda vez a Assembleia da Convenção Batista Baiana e a isto devemos a Cristo Jesus”, celebra.  
O encontro conta com apoio da Prefeitura de Ilhéus. Os organizadores informam que ainda estão abertas as inscrições e os interessados devem acessar o site: www.assembleia.batista.org.br 
Secretaria de Comunicação Social - Secom

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Pastor desaparecido em Ilhéus


O pastor Carlson Benjamin dos Santos saiu na manhã de 13/06/2018, onde deveria buscar a filha na escola, e não compareceu. A família está aflita. 

Segue o modelo e cor similar ao carro dele, e placa - PJV 6545
Ele saiu hoje usando a mesma camisa que usa na foto acimaCarlson é pastor da Igreja Batista no bairro São José em Ilhéus.

Qualquer noticia a família pede entrar em contato com a Igreja Batista no Bairro São José em Ilhéus diretamente aos familiares. O Blog Corsarionews coloca o telefone da redação 73 991615167 zap também a disposição para qualquer contato.

Fonte: http://www.rapazoi.com.br/pastor-desaparecido-em-ilheus/

terça-feira, 12 de junho de 2018

Ilhéus tem novos Secretário de Fazenda e Procurador Geral


 O ex- Procurador Geral Márcio Cunha assumiu a titularidade da Secretaria da Fazenda  - Rodrigo Macedo
O Sub Procurador Jeferson Domingues Santos foi exonerado do cargo e nomeado Procurador Geral - Rodrigo Macedo

Através de decretos assinados pelo prefeito Mário Alexandre e pelo secretário de Administração, Bento Lima, foram nomeados os novos secretário de Fazenda e Procurador Geral do Município. O ex- Procurador Geral Márcio Cunha assumiu a titularidade da Secretaria da Fazenda (Sefaz) e o Sub Procurador Jeferson Domingues Santos foi exonerado do cargo e nomeado Procurador Geral. Os atos já foram publicados no Diário Oficial Eletrônico do Município.

O advogado Márcio Cunha Rafael Santos, graduado em Informática pela Universidade Católica do Salvador (UCSal) e em Direito pela Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc),  exerceu a chefia da Procuradoria Geral (Proger) desde 10 de abril do ano passado, e agora responde pela Fazenda municipal. O novo Procurador Geral Jeferson Santos, também egresso da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), antes de responder pela Sub Procuradoria, foi Sub Procurador de Licitações e Ouvidor Geral no município de Uruçuca.

Nesse elenco de mudanças na máquina administrativa, o prefeito Mário Alexandre nomeou, também por meio de decreto, o advogado Mozart Aragão Leite para o cargo de Tesoureiro foi nomeado Cid Alves Brandão. O cargo de Chefe da Ouvidoria Geral do Município, vinculado à Controladoria Geral, agora será exercido por Ananda Frois Duarte.

Outras alterações foram promovidas ainda no âmbito da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável (Seplandes). Danilo Ferreira Fagundes dos Santos foi nomeado para o cargo de Chefe de Seção de Fiscalização de Posturas e Evellyn Ferreira Oliveira Santos Souza para o cargo de Gerente de Controle do Uso do Solo da Seplandes.

 Secretaria de Comunicação Social  - Secom

segunda-feira, 11 de junho de 2018

Ilhéus é o primeiro município da Bahia a instalar marcos territoriais após atualização dos seus limites






Ilhéus é o primeiro município da Bahia a iniciar a instalação de marcos territoriais em consonância à Lei 12.057, aprovada pela Assembleia Legislativa, que baseou o trabalho de atualização dos limites municipais no estado. O trabalho prático já está sendo executado por técnicos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI) e acompanhado in loco pelo vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal.
Ilhéus possui 60 vértices que constituem o seu memorial descritivo e todos serão visitados e identificados. O município faz divisa com Una, Buerarema, Itabuna, Itajuípe, Coaraci, Itapitanga, Aurelino Leal e Uruçuca. Neste momento, estão sendo instaladas estacas provisórias nas áreas limítrofes mas, em seguida, a Prefeitura irá construir estruturas de concreto, instalar placas sinalizadoras e, através de um GPS Geodésico, o IBGE vai oficializar a certificação dos marcos.
Ilheenses - “A iniciativa facilita a vida do cidadão que passa a saber onde começa e onde termina o seu município”, destaca o vice-prefeito de Ilhéus. “Este trabalho estava previsto após a aprovação da lei e, como ele, evita-se a invasão de município pelo outro, que era uma prática generalizada na Bahia”, completa Manoel Lamartin, pesquisador do IBGE que participa da operação. Logo após às identificações dos limites entre as cidades, Ilhéus também vai realizar o trabalho nos limites dos seus distritos e povoados, informa Nazal.
Todo o trabalho realizado pelo IBGE, SEI e Prefeitura de Ilhéus tem o acompanhamento de representantes dos municípios limites, que testemunham toda a operação. Ilhéus já concluiu a identificação no limite com Aurelino Leal e está em fase final com Uruçuca.
Pioneirismo - Lamartin destaca ainda que a Bahia é o primeiro estado da federação que está completando o trabalho de atualização dos limites municipais. “É um trabalho pioneiro, com metodologia nossa mas que o IBGE pretende levar como referência para o restante do País”, destaca.
Na primeira fase de campo, logo no início destes debates, foi possível, por exemplo, identificar que cinco municípios baianos tinham suas sedes em territórios que não lhes pertenciam, em municípios vizinhos.
Modelo - O passo pioneiro que Ilhéus dá, neste momento, deverá ser estendido para todos os 417 municípios da Bahia. “Seu” Adalgiso, com 92 anos, agora sabe que mora bem na linha limítrofe de Ilhéus e Uruçuca. Ele foi um dos entrevistados em 2012, quando foi realizado o primeiro levantamento. Um diretor nacional de Estruturas Territoriais do IBGE estará chegando a Ilhéus nos próximos dias para conhecer de perto a metodologia usada e que será levada para todo o território nacional.
Secretaria de Comunicação de Ilhéus (SECOM).

Ilhéus realiza audiência pública para discutir projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias




A Prefeitura de Ilhéus realiza audiência pública para discutir a elaboração do projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício de 2019. A reunião está marcada para a próxima terça-feira (19), a partir das 9 horas, no auditório do Centro Administrativo, localizado no bairro da Conquista. Para a audiência pública estão sendo convidados representantes de conselhos municipais, de segmentos da sociedade civil e parcela da população.

Durante a audiência pública serão dos artigos que integram o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que estabelecem as metas e prioridades para o exercício financeiro de 2019; orientam a elaboração do orçamento; dispõem sobre alteração na legislação tributária e estabelecem a política de aplicação das agências financeiras de fomento, em conformidade com a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Secretaria de Comunicação de Ilhéus (SECOM).

domingo, 10 de junho de 2018

Com paralisação parcial dos servidores, governo trabalha para manter limpeza em condição especial







Com a paralisação parcial dos servidores da Prefeitura, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Secsurb) elaborou uma estratégia especial para garantir, no sábado (9), a limpeza de vias públicas do Centro, rua Carneiro da Rocha, avenida Soares Lopes e Feira do Malhado, em Ilhéus.
Estes locais sofreram atos de vandalismo no início da manhã, com a maior parte do lixo deixado na noite anterior pelos comerciantes sendo espalhada propositadamente pelas vias públicas. A intenção, de acordo com a análise do secretário Hermano Fahning, era de que o comércio abrisse as portas neste sábado, numa condição de limpeza de ruas bem aquém da normalidade, causando uma impressão ruim do centro econômico de Ilhéus.
“Há denúncias de pessoas vistas pagando moradores de rua para espalhar o lixo nestas localidades. A Guarda Municipal já está procurando em câmeras de segurança alguma pista do ocorrido”, informa o secretário Hermano Fahning. Além de uma equipe montada emergencialmente, carros de apoio circularam para o recolhimento do lixo. A Secretaria trabalha, neste momento, na montagem de uma estratégia de emergência, caso a situação não seja normalizada até segunda-feira.
Pede, também, a compreensão da população para que evite disponibilizar sacos de lixo nas ruas e em passeios, até que o calendário especial seja amplamente divulgado, informando os horários que a equipe de apoio passará em cada região de Ilhéus.
Secretaria de Comunicação de Ilhéus (SECOM).

quarta-feira, 6 de junho de 2018

Espetáculo teatral gaúcho se apresenta dia 15 deste mês, no centro de Ilhéus



‘Automákina, universo deslizante’ terá apresentação única no dia 15 deste mês, a partir das 19 horas, na Praça Dom Eduardo, no centro histórico de Ilhéus. Patrocinado pelo Ministério da Cultura e Petrobrás, e com o apoio da secretaria municipal da Cultura (Secult), o espetáculo teatral gaúcho tem uma hora de duração, cujas montagem e desmontagem são desenvolvidas aos olhos da própria comunidade. A atuação é do ator Luciano Wieser, e direção de Jackson Zambelli.

Os produtores do espetáculo informam que a peça teatral “apresenta um cenário móvel, resultado de pesquisa inovadora do grupo que propõe levar para a rua um aparato cênico impar em qualidade visual e sonora, uma máquina gigante medindo sete metros de comprimento por oito metros de altura, o que aumenta a sua dramaticidade. São poucos grupos que pesquisam esta especificidade do teatro com maquinarias, o que resulta em processo rico de arte visual e de intervenção urbana, livre para todo o público”.

Destaca ainda a produção que o ‘Automákina, universo deslizante’ traz uma linguagem que mescla o virtuosismo das técnicas circenses e a poética do teatro de rua, o simbolismo do teatro de bonecos com seus personagens autômatos fazendo uma metáfora à existência humana. “Trata de uma questão pertinente a todos os homens de todos os tempos: a arte da sobrevivência”.

Já o secretário da Cultura de Ilhéus, Pawlo Cidade, diz que “é um espetáculo de teatro de rua que tem proposta de emocionar e é destinado a todas as idades. Com certeza, o ‘Automákina, universo deslizante’ vai surpreender o público desde seu início ao fim. Além disso, a estética do espetáculo é associada à dramaturgia, e a montagem vai trazer várias surpresas e impactar as pessoas que irão assistir”.

Outros eventos na programação – Dois dias antes da apresentação teatral ‘Automákina, universo deslizante’, na Praça Dom Eduardo ocorrem dois eventos distintos: quarta-feira (13) está programada a oficina “O ator inventivo”, e quinta-feira (14) acontece o intercâmbio com o Teatro Popular de Ilhéus e artistas locais.

Secretaria de Comunicação de Ilhéus (SECOM).

O que você acha da atuação do MPF na Bahia? Responda a consulta pública virtual até 15 de junho

Formulário está disponível no site do MPF; ajude a compartilhar entre seu contatos

O Ministério Público Federal na Bahia (MPF/BA) realiza, até o dia 15 de junho, em sua página na internet, consulta pública virtual com o objetivo de obter opiniões e contribuições para aperfeiçoar a sua atuação e adotar novas e melhores formas de prestar serviços aos cidadãos. Para participar, o cidadão deverá preencher o formulário que está disponível neste linkwww.mpf.mp.br/ba/consulta-publica-2018

Na consulta 2018, o participante poderá indicar as áreas em que percebe a atuação do MPF na Bahia, citar investigações e ações marcantes e escolher as áreas que considera mais importantes para o MPF atuar. É possível, ainda, enviar críticas, sugestões e contribuições por meio do campo aberto disponível no final do formulário.

Serviço
O quê: Consulta pública sobre a atuação do MPF/BA Quando: De 28 de maio a 15 de junho de 2018Onde: No site do MPF: www.mpf.mp.br/ba/consulta-publica-2018/
Confira as imagens de divulgação e compartilhe.


Assessoria de Comunicação
Ministério Público Federal na Bahia
Tel.: (71) 3617-2295/2294/2296/2200
E-mail: prba-ascom@mpf.mp.br

www.twitter.com/mpf_ba

Cuidar de Brasília

Neste ano, a população brasiliense terá o direito e a obrigação de escolher seu governador e seus parlamentares. As pesquisas mostram que, mesmo os candidatos em vantagem de intenção de votos, perdem para as opções branco, nulo, não sabem, evidenciando-se a recusa dos eleitores aos candidatos sugeridos. Isso se explica pelo desânimo da população com a classe política e com as siglas a que os candidatos estão filiados. Muitos políticos com mandato frustraram o eleitor no que se refere ao comportamento ético e à seriedade nas prioridades, enquanto as siglas se divorciaram do que propunham antes. O eleitor, que deveria ir à urna com esperança no futuro, está desiludido, perplexo e com raiva. 

O ânimo voltaria se ele sentisse que vai escolher não apenas quem governará a cidade. O sentimento seria diferente se, no lugar de votar para eleger deputado ou senador, o eleitor soubesse que escolhe os representantes para definir as prioridades, fiscalizar o governador, buscar apoio do Brasil para o Distrito Federal e representar o DF no Brasil. 

Certamente haveria ânimo entre os eleitores para escolher quem vai cuidar dos 3 milhões de habitantes que hoje estão com medo da violência, do desemprego, dos engarrafamentos; em especial das aproximadamente 400 mil crianças e jovens sem boas escolas, sem atividades culturais, sem perspectivas de emprego; dos doentes em filas, sem médicos e remédios; dos pobres sem moradia. O encanto voltará ao eleitor quando ele perceber a possibilidade de eleger pessoas honestas, tanto no comportamento pessoal quanto na definição das prioridades; ou quando ele compreender que o propósito do político não é beneficiar-se de mordomias e vantagens, nem levar sua sigla ao poder, mas se unir aos que se propõem e têm competência reconhecida para cuidar de toda Brasília. 

Cuidar de Brasília é olhar para as crianças e os jovens: o governador, os deputados e os senadores agindo como protetores, colocando em funcionamento as escolas, a formação profissional, promovendo diversão cultural, lazer, sobretudo esperança; apoiando os idosos; sensibilizando-se e encontrando soluções para o desemprego e para a falta de moradia. Cuidar de Brasília exige respeitar a vontade legítima do povo, sem cair no vício político de atender reivindicações de interesses pessoais vindas dos parlamentares; da mesma forma, respeitar os servidores, sem os quais não é possível cuidar da cidade, mas não ceder às pressões corporativas quando sacrificam a população e os usuários dos serviços. 

Cuidar de Brasília é não deixar que as vias estejam maltratadas por buracos ou lixo; tampouco é deixar que as edificações em prédios ou viadutos ameacem desabar; é prever o risco de escassez de água e tomar as medidas em tempo para evitar o racionamento. É ter capacidade para eliminar as filas nos hospitais graças a programas de prevenção da saúde da família, instalação de saneamento e boa gestão para que não faltem profissionais, equipamentos nem remédios nos hospitais. 

Cuidar de Brasília exige responsabilidade com o uso dos recursos financeiros de que dispomos. O GDF, em 2018, terá receita estimada de R$ 42,4 bilhões. São cerca de R$ 13.250 por habitante. Desses bilhões, 32,07%, ou seja, R$ 13,6 bilhões vêm do Fundo Constitucional, financiado por brasileiros de outras partes do país, inclusive de regiões pobres. A média da receita per capita dos municípios brasileiros é inferior a R$ 3 mil e eles transferem R$ 4.500 para cada habitante do DF. Ao tomar conhecimento de desperdícios, tal qual fazer um estádio de futebol ao custo de quase R$ 2 bilhões, em breve o Brasil se recusará a transferir recursos para financiar nossos gastos. Por isso, cuidar de Brasília é ser eficiente no gasto dos recursos que recebemos.

Cuidar de Brasília é fazer um grande encontro das lideranças, independentemente de seus partidos, visando colocar a cidade e seus habitantes, pobres ou ricos, crianças ou adultos, do presente e do futuro, como o propósito da política e da eleição, mesmo que para isso seja preciso deixar de lado preconceitos, divergências e interesses pessoais. Brasília exige esse encontro — cada líder colocando a coragem, a ética e a população acima dos interesses dos políticos e de suas siglas para cuidar bem da cidade.

Por Cristovam Buarque 

Senador pelo PPS-DF e professor emérito da Universidade de Brasília (UnB)

Plenário da Câmara aprova projeto que proíbe casamento antes dos 16 anos de idade

Ordem do dia para discussão e votação de diversos projetos. Dep. Laura Carneiro (S.PART. - RJ)
Laura Carneiro: "a aprovação do projeto é um avanço aplaudido por todos os organismos envolvidos nos direitos da criança e do adolescente"
O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (5) o Projeto de Lei 7119/17, da deputada Laura Carneiro (DEM-RJ), que proíbe o casamento de menores de 16 anos. A matéria será enviada ao Senado.
Atualmente, o Código Civil (Lei 10.406/02), mudado pelo projeto, permite o casamento de menores de 16 anos para evitar imposição ou cumprimento de pena criminal ou em caso de gravidez. Ainda assim, é necessária autorização de ambos os pais da adolescente.
O casamento para evitar pena criminal decorre do fato de que o Código Penal (Decreto-Lei 2.848/41) prevê pena de reclusão de 8 a 15 anos para quem tiver relações sexuais ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 anos. A pena somente pode ser aplicada a maiores de 18 anos, pois os menores dessa idade são inimputáveis.
Casamento precoce
A autora destacou que, no Brasil, cerca de 877 mil meninas se casaram com menos de 16 anos. “Elas são quase vendidas a seus abusadores na forma de casamento. A aprovação do projeto é um avanço extraordinário, aplaudido por todos os organismos envolvidos nos direitos da criança e do adolescente”, afirmou Laura Carneiro.

Já o deputado Helder Salomão (PT-ES) disse que a proposta “preenche lacunas na legislação para proteger adolescentes que sofrem abusos”. Ele é autor de projeto semelhante que tramitou apensado (PL 7774/17).
Segundo a relatora da matéria pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), deputada Maria do Rosário (PT-RS), 30% da evasão escolar feminina estão ligados ao casamento infantil de meninas. “Isso as sujeita a menores salários e a menos oportunidades de trabalho”, lembrou.

ÍNTEGRA DA PROPOSTA:

Reportagem – Eduardo Piovesan
Edição – Pierre Triboli
Postado por Agencia da Câmara

População do Banco Central é atendida em Mutirão de Saúde

O Seu Manoel, a Dona Maria Batista e a Dona Nilza Costa foram atendidos pelo médico clínico-geral, Danilo da Cruz R...